domingo, 29 de novembro de 2015

Trajes indianos masculinos com pedras preciosas e muito brilho estão fazendo sucesso por todo mundo!

 Nova Délhi, espera capturar o interesse dos milhões de jovens indianos, que em sua maioria trocaram os trajes tradicionais de algodão por camisas e calças compradas em lojas modernas, mas o charme e elegancia dos tradicionais trajes continuam na moda.
Denis Moraes que trabalha com moda feminina brasileira acostumado bordar
vestidos de festas e ocasiões especiais, relatou que estes trajes são comuns
ser bordados com pedras preciosas e  ganhar muito brilho  e que hoje  os 
jovens mais descolados não resistem mais e rotular moda masculina ou femininas, hoje é tudo igual disse Moraes.





A moda masculina responde por cerca de 80% das vendas na Índia, de acordo com o Conselho de Design de Moda da Índia, que organiza os desfiles.

As duas semana de moda mais proeminentes da Índia, Lakme Fashion Week, em Mumbai, e Wills Lifestyle India Fashion Week, em Nova Délhi, dedicam apenas uma pequena porção de suas passarelas à moda masculina. Desfiles menores, como a Semana de Moda Kolkata, na Índia oriental, geralmente seguem a mesma tendência.

"A moda masculina sempre foi a enteada da moda indiana", diz Shaan Thadhani, uma compradora de moda que gerencia uma boutique no sul de Nova Délhi. Roupas sob medida tradicionais nunca vão sair de moda, diz Thadhani, mas o aumento do poder de compra e a importação de marcas famosas estão fazendo da moda algo mais acessível para o homem indiano médio.

"A maioria dos homens quer boas roupas e não quer necessariamente gastar uma fortuna com elas", diz Thadhani. "A atitude masculina para moda e para parecer bem mudou, e isso levou a novas demandas."

A Índia é apenas o quarto país a realizar uma semana de moda masculina em separado, apesar do mercado masculino ser duas vezes mais do que o setor feminino, de acordo com números da indústria. A razão, de acordo com o gerente da marca Van Heusen, Shital Mehta, é que a maioria das mulheres indianas preferem roupas tradicionais como sáris e calças shalwar em vez de roupas ocidentais.

Para os homens, Mehta diz que o mercado ainda não chegou ao nível de produção por estilistas, mas os homens indianos estão "dando um passo de cada vez".

O mercado de roupas masculinas vale cerca de um bilhão de dólares, e a demanda total, incluindo roupas feitas sob medida, está perto de 9,3 bilhões de dólares, de acordo com um estudo da empresa de consultoria Technopak Advisors. Este número tem uma previsão de crescimento de 14 bilhões de dólares até 2016.

"O mercado sempre existiu para os homens, mas ele era ignorado ou não era levado a sério", diz o estilista Zubair Kirmani, que vai participar da Semana de Moda Masculina de Nova Délhi.

Na última década, grandes shoppings e revistas como Vogue e Harper's Bazaar chegaram á Índia para cortejar a classe média do país. Estilistas indianos como Rohit Bal, Tarun Tahiliani e a dupla Rohit Gandhi & Rahul Khanna têm feito sucesso na Índia e no exterior, mas muitos homens ainda desejam as marcas internacionais.

"Há cerca de quatro anos, não existia mercado para moda masculina. Eles usavam sherwanis (tradicional jaqueta indiana) em seus casamentos, e só", diz o estilista Siddhartha Tytler, que também vai participar dos desfiles em Nova Délhi. "Agora há um bom número de pessoas que ama comprar roupas masculinas e quer algo diferente quer mais do que as lojas comuns, como Zara e Gap."

A semana de moda masculina espera misturar estilos ocidentais contemporânios, éticos e modernos,sherwani - o"smoking indiano "Tytler diz que apesar da agitação crescente, ainda é muito cedo para prever o impacto dos desfiles nas vendas.

"Apenas quando os compradores vierem e fizerem seus pedidos vamos poder comemorar. No fim das contas, tudo isso é sobre dinheiro".

sábado, 28 de novembro de 2015

Uma linda história de amor,Nos últimos 56 anos esse idoso cuidou da mulher, que vive na cama desde os cinco meses de casamento

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Deborah Secco é o novo rosto da próxima campanha da Megadose

Na reta final da gravidez do seu primeiro filho, a atriz Deborah Secco estrela a nova campanha de inverno 2016 da Megadose. Os cliques foram feitos no Rio de Janeiro pelo fotógrafo Renam Christofoletti, com styling de Ale Duprat e beauty de Ale de Souza.O consultor de imagem Denis Moraes disse que a escolha dos tecidos neste periodo de gravidez é muito importante, peças em tecidos que tem elasticidades são os mais indicados.Este que Deborah Secco esta usando não é  justo demais esta perfeito para ocasião.Bela e gravida .




quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Nani Venancio e Denis Moraes. Bate Papo na Moda com Zortéa Joias e Enfase Moda.

Durante pauta de joias no programa A Tarde é Show, Rede Brasil de Televisão a apresentadora Nani Venâncio e três modelos usam looks da grife Ênfase. O consultor de moda Denis Moraes comentou as tendências em acessórios.
O bate papo girou em torno de roupas e acessorios Zortéa Joias. que estarão em alta nas festas de final de ano, e com muita praticidade para não perder a alegria elegancia disse Moraes.










Adilton Amaral
Mulheres Reais
Zortéa Joias
Enfase Moda

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Inspiração na apresentadora infantil Ana Julia do Sbt, Zortea joias e Denis Moraes criam ursinho para o Teleton 2015.

A apresentadora mirim Ana Julia do Sbt, foi a inspiração para que o designer de Joias e acessorios
Denis Moraes e Zortea Joias desenvolvessem uma bela peça,e ser   apresentada no Teleton 2015.
Um ursinho em forma de brincos em ouro amarelo  e zirconias, fez o maior sucesso e replicas
foram confeccionadas para que a renda também tivesse este destino a Aacd.



segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Vítima de racismo, Taís Araújo denuncia comentários à Polícia Federal: 'Minha única resposta é o amor'


Estrela da TV Globo foi vítima de ofensas nas redes sociais em comentários em uma foto; ela usou o Instagram para se posicionar contra o preconceito e disse que vai processar agressores


A estrela Taís Araújo foi vítima de comentários racistas nas redes sociais. Após publicar uma foto, a estrela do seriado Mister Brau foi duramente ofendida e rapidamente ganhou o apoio dos fãs no Twitter e no Facebook.
Só no início da tarde deste domingo, 1, a atriz se pronunciou em seu Instagram e revelou que já encaminhou denúncia à Polícia Federal. Ela também lamentou o comportamento dos agressores.
"É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar: na última noite, recebi uma série de ataques racistas na minha página. Absolutamente tudo está registrado e será enviado à polícia federal. E eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena nesse país, além do sentimento de pena dessa gente tão pobre de espírito. Não vou me intimidar, tampouco abaixar a cabeça. Sigo o que sei fazer de melhor: trabalhar. Se a minha imagem ou a imagem da minha família te incomoda, o problema é exclusivamente seu! Por ironia do destino ou não, isso ocorreu no momento em que eu estava no palco do Teatro Faap com O Topo da Montanha, um texto sobre ninguém menos que Martin Luther King e que fala justamente sobre afeto, tolerância e igualdade. Aproveito pra convidar você, pequeno covarde, a ver e ouvir o que temos a dizer. Acho que você está mesmo precisando ouvir algumas coisinhas sobre amor", disse a eleita de Lázaro Ramos.
"Agradeço aos milhares que vieram dar apoio, denunciaram comigo esses perfis e mostraram ao mundo que qualquer forma de preconceito é cafona e criminosa. E quero que esse episódio sirva de exemplo: sempre que você encontrar qualquer forma de discriminação, denuncie. Não se cale, mostre que você não tem vergonha de ser o que é e continue incomodando os covardes. Só assim vamos construir um Brasil mais civilizado. A minha única resposta pra isso é o amor!", completou a atriz.
No Encontro com Fátima Bernardes que foi ao ar no último dia 20, Lázaro Ramos falou sobre o racismo no Brasil e disse que era necessário denunciar. "É um crime e deve ser tratado como tal", disse.
Produtores de moda e pessoas que ligadas ao meio artistico também cometaram sobre
o lamentavel ataque de racismo sofrido pela atriz, Denis Moraes que é acostumado 
a utilizar modelos afro descentente e teve o prazer de vesti -la em algumas ocasioes
declarou muito triste deparar com esta situação no Brasil em pleno seculo XXI.


É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar: na última noite, recebi uma série de ataques racistas na minha página. Absolutamente tudo está registrado e será enviado à polícia federal. E eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena nesse país, além do sentimento de pena dessa gente tão pobre de espírito. Não vou me intimidar, tampouco abaixar a cabeça. Sigo o que sei fazer de melhor: trabalhar. Se a minha imagem ou a imagem da minha família te incomoda, o problema é exclusivamente seu! Por ironia do destino ou não, isso ocorreu no momento em que eu estava no palco do Teatro Faap com O Topo da Montanha, um texto sobre ninguém menos que Martin Luther King e que fala justamente sobre afeto, tolerância e igualdade. Aproveito pra convidar você, pequeno covarde, a ver e ouvir o que temos a dizer. Acho que você está mesmo precisando ouvir algumas coisinhas sobre amor. Agradeço aos milhares que vieram dar apoio, denunciaram comigo esses perfis e mostraram ao mundo que qualquer forma de preconceito é cafona e criminosa. E quero que esse episódio sirva de exemplo: sempre que você encontrar qualquer forma de discriminação, denuncie. Não se cale, mostre que você não tem vergonha de ser o que é e continue incomodando os covardes. Só assim vamos construir um Brasil mais civilizado. A minha única resposta pra isso é o amor!